Belém, sábado, 24 e domingo, 25 de abril de 2021
Paragominas, nordeste do Pará, entre os cinco melhores no item dimensão/Divulgação

Finanças

O Conselho Federal de Administração divulgou o relatório intitulado “Diagnóstico Brasil IGM-CFA – 2020”, em que aponta o Índice CFA de Governança Municipal, criado em 2010 para auxiliar gestores públicos a profissionalizar a gestão pública brasileira. Veja alguns dados referentes ao Estado do Pará:

  • • Em 31,25% (45) dos 144 municípios paraenses, a população varia entre 20 mil a 50 mil habitantes e possui PIB per capita abaixo de R$ 15.463. Neste grupo está a maioria dos municípios do Estado.
  • • Os cinco melhores municípios na Dimensão Finanças são: Paragominas, Ananindeua, Santana do Araguaia, Tucumã e Oeiras do Pará. Esses municípios demonstram maior nota nessa dimensão em relação aos demais municípios do Estado, não significando, todavia, excelência no quesito avaliado.
  • • No indicador Transparência, o município de Belém foi referência, alcançando a nota 9,72. Foram avaliados itens de transparência, como divulgação dos relatórios de gestão exigidos por lei e divulgação de informações em endereço eletrônico, entre outros.
  • • Na Dimensão Gestão, os cinco melhores municípios são Santarém, Brasil Novo, Ourém, São Félix do Xingu e Belém. Essa dimensão busca avaliar os instrumentos que são utilizados pelos municípios que facilitam a gestão dos recursos públicos.
  • • O IGM-CFA, calculado com base nas três dimensões (Finanças, Gestão e Desempenho), indica os municípios de Salinópolis, Ulianópolis, Ourém, Santarém e Santana do Araguaia, como os melhores municípios do Estado do Pará no Índice CFA de Governança Municipal. Ou seja, foram os municípios que conseguiram gerir suas finanças com base nas regras de boa gestão fiscal, aplicam as ferramentas de gestão com intuito de fortalecer o planejamento e a excelência nos processos e, por fim, com boas entregas à sociedade.

Deixe o seu comentário