MP já tem elementos para
identificar (ou não) parede
falsa no “Abelardo Santos”

Divulgação
Segunda-feira, 26 de abril de 2021

O Ministério Público já dispõe de informações suficientes para identificar, através de perícia técnica, a existência – ou não, como prefere sustentar o governo do Pará – de parede falsa em área do auditório do Hospital Regional Abelardo Santos, em Icoaraci, onde técnicos do alto escalão da diretoria Financeira da Sespa encontraram 19 respiradores escondidos. A “central de informações” sobre essa maracutaia está na administração de patrimônio do hospital, inclusive com fotos da “obra”, as mesmas que foram entregues à direção da OS Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia, que substituição a OS Santa Casa Pacaembu.

Conversa fiada

Até prova em contrário, a “Comissão” a quem a Sespa atribui responsabilidade da investigação do sumiço dos respiradores no “Abelardo Santos” é para inglês ver, isto é, não foi criada formalmente, como manda a regra. Trata-se apenas de técnicos da diretoria Financeira da Secretaria que estiveram no hospital e, em março, descobriram o equipamento no “escondidinho” sem sequer comunicar o fato à Polícia Federal. A parede falsa foi construída em janeiro deste ano.

Divulgação

Carona amiga

Para surpresa geral, o governador Hélder Barbalho meio que “surgiu do nada” em frente ao avião presidencial que trazia a bordo o chefe da Nação, Jair Bolsonaro e outras autoridades, em rápida visita à capital paraense (foto).  Na verdade, Helder pegou carona em um micro-ônibus da Infraero, depois de ingressar na pista de Val-de-Cães pelo portão do Hangar do Estado, preferindo, desse modo, evitar o público que aguardava o presidente na Base Aérea.

Vai ter volta

Articuladores da direita prometem “dar troco à altura” àqueles que espalharam, maldosamente, na Pratinha, o boato de que o presidente entregaria, na última sexta-feira, 50 mil cestas de alimento no bairro. Entre os “cabeças” haveria um assessor de um deputado federal e assessores que atuam na Prefeitura de Belém.

Don Juan

O servidor federal Rodrigo Barata, que atua em instituição de ensino técnico em Bragança, quase se dá mal, dia desses, em uma churrascaria da BR-316, onde, com pose de conquistador, enfiou seu cartão de visitas na mão da bela esposa de um conhecido empresário de Belém. Na ocasião, o marido portava uma pistola automática. Conhecendo o temperamento do companheiro, porém, a esposa só encontrou coragem para relatar o assédio longe da churrascaria. Fez muito bem.

Pole position

Pelo quarto ano consecutivo, a Ufra aparece entre as mais bem avaliadas instituições públicas de ensino superior da Amazônia e se destaca também no ranking do Brasil. É o que indica o desempenho da instituição no Índice Geral de Cursos, divulgado na última sexta, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, vinculado ao MEC, referente ao ano de 2019.

Conceito 4

O Índice é o indicador que avalia as instituições de educação superior e é expresso em faixas de valores que variam de 1 a 5. Em 2019, a Ufra alcançou conceito “4”. De acordo com o resultado, a instituição é a segunda melhor universidade pública do Norte do País e está entre as melhores do Brasil: apenas 23% das instituições de ensino superior receberam conceitos entre 4 e 5 em nível nacional. 

Crise internacional

O site de notícias Defesanet dá conta da treta internacional em que, durante dez dias, potências estrangeiras se movimentam em Brasília na tentativa de constranger e criar embaraços ao governo do Brasil. O caso mais famoso ocorreu na segunda-feira, 19 de abril, na solenidade da República Bolivariana da Venezuela, o que colocou os serviços de inteligência brasileiros em estado de alerta para possíveis operações de escuta e espionagem em território brasileiro.

Viva Bolívar!

Segundo o site, o ato comemorativo dos 211 anos da Declaração de Independência da Venezuela criou as condições para um conflito diplomático. O evento, que consistia da colocação de um arranjo floral frente à Embaixada da Venezuela, não teria a mínima implicação se os atuais ocupantes não tivessem sido expulsos por ato do governo brasileiro, suspenso pelo ministro Luís Roberto Barroso, e envolvendo funcionários da Embaixada e dos consulados, inclusive em Belém.

Maleta espiã

Depois desse episódio, órgãos de segurança brasileiros detectaram pelo menos cinco malas de interceptação de telefones celulares – além da escuta, esses equipamentos podem quebrar a criptografia de serviços de mensagem. Os sistemas ilegais foram localizados próximos à Esplanada dos Ministérios e dos comandos das Forças, vigiando o Palácio do Planalto, o STF, o Itamaraty e o Congresso.

Aqui tem

A Polícia Civil do Pará comprou maleta semelhante, com cinco módulos, que, apreendida pela Polícia Federal em operação, ainda estaria em perícia. Nesse equipamento existe um módulo que permite a interceptação telefônica sem autorização judicial. No caso do Pará, a cúpula da Polícia Civil jura que não adquiriu o módulo de interceptação, mas, seria verdade? Acredite se quiser.

Em Belém

Em meio à crise nas relações entre Venezuela e Brasil, o Consulado Geral da Venezuela em Belém continuou atuando, em apoio à permanência de imigrantes. No meio consular, porém, são poucas as informações. Fala-se que a sede do Consulado, à Praça da Trindade, ficou abandonada por muito tempo, inclusive com a retirada da bandeira do país. O atual cônsul no Pará é Roger Solorzano.

  • No setor de recepção à imprensa e lanchonete do Mangueirão tem uma placa denominando o Estádio de Edgar Augusto Proença (o neto), quando o homenageado é Edgard de Campos Proença (o avô).
  • Isso já ultrapassa quatro governadores e vários secretários de Estado que, mesmo alertados, não tomaram providências.
Divulgação
  • Em entrevista à revista “Veja”, o ex-secretário de Comunicação da Presidência da República Fabio Wajngarten responsabiliza o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello (foto) pelo atraso na compra de vacinas.
  • O Senado retomará a agenda econômica na primeira quinzena de maio, quando poderá votar o novo programa de renegociação de dívidas tributárias, Refis, e o projeto que prevê a tributação de lucros e dividendos.
  • O Marco da Cabotagem deve ganhar parecer em duas semanas. Ficou para a próxima quinta-feira a votação da quebra de patentes de vacinas e medicamentos contra a Covid-19.
  • A proposta da reforma administrativa será retomada com audiências na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara entre 26 de abril e 14 de maio
  • Letramento Empreendedor é um dos projetos da Via Floresta, hub de inovação que tem por objetivo desenvolver produtores locais, através de uma formação descomplicada para as comunidades da floresta.
  • hub, criado pelo especialista em sustentabilidade e mestre em sociologia José Matos, trabalha com projetos de desenvolvimento sustentável da ONU.
  • O Sicoob lança duas novidades relacionadas ao Pix: uma voltada para micro e pequenas empresas, que permite a oferta do Pix para todos os clientes; e outra para negócios de médio e grande porte, que viabiliza a integração dos sistemas utilizados pela empresa.
  • Se tudo correr como o esperado, 200 milhões de doses de vacina de diferentes laboratórios irão imunizar 100 milhões de brasileiros, quase metade da população, até agosto deste ano, e o restante, até início de janeiro. 
  • O Brasil tem capacidade para vacinar até 2 milhões de pessoas por dia, mas, por falta da falta de vacina ainda não chegou ao primeiro milhão.
  • O mundo começa a fechar o cerco ao presidente Bolsonaro. Diz o G1 que cientistas e pesquisadores, incluindo ganhadores do Prêmio Nobel, divulgaram carta para defender o exercício da ciência no Brasil e criticar a atuação do governo na pandemia.
  • A carta, “destinada aos acadêmicos de diferentes continentes em solidariedade a seus colegas do Brasil e ao povo brasileiro”, foi publicada no último dia 7.
  • A Secretaria de Urbanismo de Belém decidiu retirar parte das grades de proteção da ciclovia e calçadas centrais da via expressa do BRT, na Avenida Almirante Barroso.
  • As grades foram danificadas por acidente de trânsito ocorrido na madrugada de segunda-feira e ofereciam risco aos transeuntes de ao próprio trânsito.

Deixe o seu comentário