A deputada Renilce Nicodemos, que faz distribuição de documentos pessoais com apoio do governo, também “invade” espaços de outros parlamentares/Divulgação

A pipa da deputada estadual Renilce Nicodemos pegou vento, ainda que provoque alguns atropelos à deputada federal Elcione Barbalho, mãe do governador Helder Barbalho. Chancelada por Helder, a parlamentar é acusada de fazer campanha política antecipada por onde quer que passe, usando expediente nada republicano, que é a farta e generosa distribuição de documentos pessoais, como carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho, tudo bancado com dinheiro do contribuinte. Só não vê quem não quer.

“Invasão” de espaços não
respeita concorrentes

Tem candidato arranjando treta com esse negócio de marcar em postagens nas redes sociais prefeitos e vereadores já comprometidos com outros parlamentares ou candidatos. O caso mais recente envolve a deputada Renilce Nicodemos, que, entusiasmada com a possibilidade de ocupar cadeira na Câmara dos Deputados, marcou a prefeita de Nova Timboteua, Socorrinha Pinheiro, ligada à deputada federal Elcione Barbalho. Esse tipo de afago normalmente deixa  ‘pulga atrás da orelha’ em meio ao “salve-se quem puder”.

Deixe o seu comentário