Coluna – Terça-feira 9 de março

PGE descarta lockdown por
falta de recomendação técnica

Em resposta às recomendações do Ministério Público para suspensão total do funcionamento de serviços não essenciais na Região Metropolitana de Belém – além da capital, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara -, criação e ampliação de leitos clínicos e de UTI nos hospitais de referência para o tratamento da Covid-19, a Procuradoria Geral do Estado informa que não há, até o momento, recomendação técnica para a adoção de lockdown. O Centro Estratégico de Vigilância em Saúde monitora diariamente o cenário do contágio pelo novo coronavírus em todo Estado.

Torre de Babel

A pandemia aumentou o movimento nos laboratórios e clínicas de som e imagem em Belém e região metropolitana, mas parece que isso não foi o suficiente para a adequação desses setores à nova e grande demanda. O Laboratório Beneficente Portuguesa, por exemplo, que funciona dentro da Dimagem, não está aceitando a requisição de exame no modo PDF, mesmo estando em voga o atendimento online. Exige o documento original por exigência dos planos de saúde, quer dizer, maior faturamento, maiores exigências.

Divulgação

Então, tá…

As mídias oficiais do Estado apontam que aprova do concurso público para o cargo de praça feminino da Polícia Militar, domingo (foto), registrou a presença de mais de 20 mil candidatas e teria transcorrido dentro da normalidade, isto é, seguindo todos os protocolos de combate à Covid-19. Pode ser, mas é difícil, muito difícil convencer a população de que confinar dezenas de pessoas em uma sala fique por isso mesmo no momento em que o novo coronavírus se propaga em progressão geométrica no Pará.

Para mulheres

Dois projetos do deputado Raimundo Santos tramitam na Assembleia Legislativa para votação até o final de abril ou início de maio, cumprindo normas do Regimento Interno: um que institui o Banco de Empregos para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Familiar e o outro que estabelece o programa denominado “Mulher Empreendedora Competitiva”, este, compreendido por medidas de incentivo e apoio ao empreendedorismo feminino de micro e pequeno portes no Estado do Pará.

Políticas públicas

Os dois projetos têm como foco parcerias entre as esferas de governo estadual e municipal e parcerias interinstitucionais. No primeiro, a meta é dar condições de as vítimas em relações conflituosas não ficarem dependentes de seus agressores. Na outra proposição serão viabilizadas políticas públicas para estimular o empreendedorismo, com benefícios como linhas de créditos específicas para diferentes profissionais no mercado, como a microempreendedora individual e as inseridas em qualificações na legislação.

Em alta

O Pará apresenta saldo positivo no Produto Interno Bruto (PIB) de 1,7% em 2020, superando a alta de 2019, que foi de 1,6%, e se destacando na Região Norte, que registrou o aumento de 0,4%, diante de um cenário de queda histórica de 4,1% do PIB nacional. Os dados são do Banco Central do Brasil. De acordo com o Bacen, o Norte do Brasil apresentou desempenho positivo diante do cenário econômico afetado pela crise sanitária devido ao alto volume de auxílios emergenciais pagos para amenizar os efeitos da crise.

Do contra

O Clube de Engenharia do Pará divulgou “Nota pública sobre o lockdown”, em que defende a engenharia e suas ramificações como serviço essencial à sociedade. Segundo o documento, “incluir como serviço não essencial o setor da engenharia e toda a sua cadeia produtiva no Pará seria um ato temerário, inconstitucional e que se configura em prejuízo à liberdade da população a direitos intrínsecos”. Com a palavra, a Vigilância Sanitária.

Isenção fiscal

O setor privado de imunização permanece mudo sobre a possibilidade de receber 100% de isenção fiscal na compra de doses da vacina contra a Covid-19 para colocar o imunizante gratuitamente à disposição das populações dos países mais pobres, sugerida pela OMS. Seria o “tal do capital social” fazendo sua parte na pandemia, mas, pelo jeito, de social essas organizações não têm nada. Farinha pouca, meu pirão primeiro.

Tudo fechado

Atos Conjuntos da presidência e corregedoria do TRT8 editados em dias simultâneos mostram a preocupação da instituição em não ampliar o número de contaminados com o novo coronavírus. Audiências e sessões presenciais foram suspensas e o atendimento presencial para serviços também, sem data de retorno. Só dia 12 de abril será feita nova análise do quadro para decidir sobre a retomada dos serviços. Enquanto isso, reclamações, audiências, sessões e todas as atividades voltam para o modo remoto.

Bom exemplo

Pequeno em extensão territorial e população, Bom Jesus do Tocantins, município do sudeste paraense, dá exemplo no tratamento de resíduos sólidos. O Aterro Municipal funciona plenamente e trabalha tanto o destino correto do lixo quanto a separação do material reciclável, sob orientação de engenheiros ambientalistas. Guardadas as proporções, o município dá um baile nas prefeituras da Região Metropolitana e Belém.

Teste exclusivo

O governo japonês teria protestado junto ao governo chinês pelo método “constrangedor” de coleta de material para testagem de Covid-19 exigido aos cidadãos daquele país durante a chegada à Pequim. Segundo Katsunobu Kato, secretário-geral do Gabinete do Japão, as autoridades chinesas exigiam dos japoneses testagem anal, com uso de cotonetes. Katsunobu disse que essa forma de testar a presença do coronavírus no organismo não é usada em nenhum outro lugar do mundo.

  • Diante da nova onda do novo coronavírus, planos de saúde deixaram de cobrir exames laboratoriais de sorologia, que custam R$ 270. Antes, esses exames custavam R$ 170.
  • Chama-se “Guerra Santa” a discreta batalha das Igrejas Evangélicas para abrir templos às proximidades de Igrejas Católicas.
  • No bairro Carananduba, Distrito de Mosqueiro, ao lado da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em reconstrução, passou a funcionar um tempo da Igreja Universal.
  • O Detran decidiu suspender, até o próximo dia 12, novos agendamentos para serviços de habilitação e veículos. Quem já possui serviço agendado para esses dias será remanejado para outra data, a ser informada posteriormente.
  • Ninguém está levando em conta a defasagem entre os estudos preliminares e a execução do BRT. Quais serão, então, ao fim e ao cabo, a relação custo-benefício e  consequências da obra à qualidade de vida da população nos dias atuais.
  • Toda e qualquer ajuda do governo dos EUA em atenção ao apelo do governador Helder Barbalho com relação ao combate à pandemia só viria no final de março.
  • É quando o governo Joe Biden estima que terá vacinado toda a população adulta do país, podendo oferecer imunizantes para o terceiro mundo.
  • Viver em edifícios residenciais em tempos de pandemia tem exigido muito jogo de cintura, paciência e diálogo entre os moradores.
  • Até os latidos dos cães viram motivo para encrencas entre vizinhos, ainda mais quando a isso se juntam crianças barulhentas e reuniões entre amigos.
  • O crescente caso de Covid-19, com o aumento expressivo de óbitos, tem deixado o País aturdido e  as autoridades, sem rumo: da falta de vacinas, queda na economia, fechamento de escolas e o temido lockdown batendo às portas.
  • A população, que acreditava ter pulado a maior fogueira ano passado, vê-se agora envolvida com novas linhagens do vírus, gerando mais  variantes e mais medo.
  • A Nanox, empresa brasileira de nanotecnologia publicou, em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, o artigo “Composto de SiO2-Ag: material altamente virucida: um roteiro que elimina rapidamente a SARS-CoV-2”.
  • O estudo resultou na produção da primeira máscara de proteção contra a Covid-19 com eficácia de 99% de eliminação do novo coronavírus por contato.
  • A tecnologia Nanox, que elimina o SARS-CoV-2 em até dois minutos de contato, também está presente no segmento de plásticos – filme PVC e polietileno para proteção de superfícies, segmento moveleiro, construção civil e pisos, entre outros setores.
  • Há forte movimento nos meios culturais marajoaras para que a dança africana lundu, introduzida no Brasil pelos escravos africanos há séculos, seja transformada em Patrimônio Cultural Imaterial do Estado, como o carimbó.
  • O lundu é uma dança que expressa a paixão e o ato de acasalamento dos pares, composto de movimentos lentos e insinuantes,  com rica coreografia, como se vê em Soure e Marapanim.

Deixe o seu comentário