Mais de R$ 300 milhões do Fundeb saem

pelo ralo para pagar advogados de prefeitos

Nada menos do que R$ 332 milhões dos recursos do Fundo Nacional da Educação Básica – o Fundeb – de cidades pobres Brasil afora foram parar nas mãos de advogados para livrar prefeitos da montanha de denúncias formuladas pelo Ministério Público Federal e pelo Tribunal e Contas da União envolvendo pagamentos de contratos sem licitação. Segundo dados levantados pelo jornal “Folha de São Paulo”, o Brasil está diante de uma “pontinha” de um mastodôntico iceberg nessa novela interminável de farra com dinheiros públicos.

Tem mais

No Plano Nacional de Alimentação Escolar, o Pnae, o cenário parece pior, como no emblemático caso do município de Acará: a prefeita derrotada Amanda Martins, enrolada até o pescoço em ações de improbidade, força sua área técnica para, no apagar das luzes, executar dispensa de licitação para “torrar” R$ 400 mil que o FNDE acaba de pôr na conta da prefeitura. Alega que a prefeitura precisa comprar comida para alunos da rede pública, sem sequer ter contratos válidos que suportem a legalidade desse fornecimento.

São os russos

Diferente das autoridades aeronáuticas, observadores da cena aérea em Belém ligam os radares para os pousos, em Val-de-Cans, do misterioso avião russo Tupolev Tu-154M, pertencente ao Federal’naya Sluzhba Bezopasnosti, o serviço federal de segurança da Rússia, extinta KGB: duas vezes em dez dias, a última, sábado 12. Fontes da FAB e da Infraero, porém, garantem: “Nada para especular. O Tupolev (foto), proveniente de Cuba, pousou, reabasteceu e partiu. Não houve desembarque, tampouco carga ou descarga”.

Divulgação

Segundo no ranking

Com onze casos cada, os Estados do Pará, Minas Gerais, Ceará e Maranhão dividem o segundo lugar no ranking da violência contra a vida de representantes em cargos eletivos, candidatos ou pré-candidatos entre 1º de janeiro de 2016 e 1º de setembro deste ano, de acordo com pesquisa das Organizações Sociais Terra de Direitos e Justiça Global. O Rio de Janeiro foi o Estado com maior número de assassinatos e atentados – total de 18.

Olho nas urnas

A pedido da Comissão Eleitoral, o procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins, designou o procurador Nelson Medrado para acompanhar as eleições do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará, Sinjor-PA , que acontecem hoje. As seções de votação serão instaladas nos Jornais “O Liberal” e “Diário do Pará”; auditório do Sinjor e em Santarém, no prédio da Unama. Duas chapas concorrem: Chapa 1, encabeçada pelo jornalista Evandro Correa e Chapa 2, encabeçada pelo jornalista Vito Gemaque. A votação acontece das 9 ás 19 horas.

Explique-se

O Brasil fechou a última semana com 302.950 casos de contaminação da Covid-19 e superou a pior marca na pandemia: 300 mil casos registrados em julho. A totalização de registros da semana ainda depende de dados, quer dizer, o que está ruim tende a ficar pior. A média chega a 43 mil novos casos por dia. Domingo, o ministro do STF, Ricardo Lewandowisk, deu prazo de 48 horas para o Ministério da Saúde informar a data de início e a previsão de término do Plano Nacional de Imunização. Só comendo muito capim…

Haja polêmica

Enfim, chegou a tão esperada meta-análise. Estudo do pesquisador Harvey Risch, da Universidade de Yale, EUA, concluiu que o uso da Hidroxicloroquina é seguro, além de ser efetivo na diminuição da infecção, hospitalização e morte. Isso quer dizer que, em conjunto com mais de 111 trabalhos observacionais, o estudo dá o nível de exigência 1 para o tratamento da Covid-19, com recomendação A. Menos de 10 % das medicações em todo o mundo têm esse nível de recomendação.

Garimpos do mal

Os órgãos de fiscalização ambiental identificaram e interditaram, neste ano, inúmeros garimpos ilegais nas diversas regiões do Pará, sobretudo na região sudoeste. Esses garimpos, além de se constituírem em vetores de desmatamento, são causadores de contaminação das águas pela utilização do mercúrio, com sérios danos à saúde das populações adjacentes à área garimpeira, principalmente indígenas. 

Nada de nada

A continuidade dessa situação mostra a ineficácia das ações do Estado – entes federais, estaduais e municipais – em fazer frente a esse grave problema ambiental, sem qualquer perspectiva de mudança no terrível quadro de degradação ambiental.

Muito estranho

Além do aumento das mortes tipificadas como homicídios no trânsito, também houve aumento de 5,6% nas mortes no trânsito não tipificadas, como homicídio. Foram 31 mortes a mais em 2020, sendo 548 neste ano e 517 no ano passado. Enquanto isso, o Detran continua com a sua estranha política de fiscalização até nos atalhos da Praia do Atalaia, “esforço” que mais prejudica do que ajuda na mobilidade. Fiscalizar atalhos…

Explique-se

Números da Polícia Civil apontam para o aumento de 19,9% nos homicídios no trânsito de janeiro a novembro deste ano, em todo o Pará. Os números são surpreendentes, principalmente porque, com a pandemia de Covid-19, houve restrições de circulação no estado. Foram 677 em 2019 e 845 em 2020, OU 168 homicídios a mais. Como explicar esse fenômeno?

  • O Corpo de Bombeiros lança um olhar torto para os concursos público anunciado pelo governo do Estado no âmbito da Polícia Militar. A corporação conta ao menos quatro anos sem certame para oficial e praça.
  • Conforme a coluna anunciou, saiu o nome do oficial da Aeronáutica que irá assumir o comando do I Comar, agora em janeiro: major-brigadeiro Maurício Augusto Silveira de Medeiros, que foi vice-presidente da Comara.
  • Dito e feito: a ONU confirmou que o presidente Jair Bolsonaro não foi convidado para a Cúpula do Clima, em Paris, nesse final de semana, porque o Brasil passa de proposições “insuficientes” para “muito insuficientes” na área.
  • A Cosanpa anuncia que irá tentar obter recursos junto ao BID para investimentos superiores a R$ 100 milhões em obras de saneamento.
  • A busca por recursos faz parte da estratégia de recuperação da Companhia, que foi entregue à atual gestão com déficit na maioria dos municípios atendidos do Pará.
  • O Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou a retomada das obras do Residencial Anita Gerosa, em Ananindeua, e outros projetos em Bujaru e Concórdia do Pará.
  • Para Ananindeua serão repassados R$ 4,5 milhões para custear a finalização das 220 moradias, beneficiando 880 pessoas com moradia e gerando 874 empregos.
  • A Justiça Federal da 1ª Região disponibiliza, desde a última quarta, o Diário de Justiça Eletrônico Nacional como meio de publicação dos atos judiciais referentes a processos que tramitam no Processo Judicial Eletrônico.
  • Pesquisa do Banco BS2 aponta que apesar do pouco tempo de uso, o Pix já caiu no gosto dos empresários da Região Norte do País.
  • Com 73% de aceitação, os empreendedores apontaram a tecnologia como o principal meio de pagamento, acima do dinheiro (62%), cartão de crédito e débito (53%), TED (39%), e DOC (21%).
  • Os empresários da região ficaram em terceiro lugar em relação à aceitação da tecnologia, atrás apenas do Sul (77%) e Sudeste (74%), seguida pelo Centro-Oeste (72%) e Nordeste (70%).
  • O jornalista Douglas Dinelly (CBN Belém) foi um dos agraciados com a Medalha “Mérito Tamandaré”, uma das três comendas mais importantes da Marinha do Brasil.
  • O evento ocorreu na última sexta, na comemoração antecipada do Dia do Marinheiro. A honraria foi entregue pelo comandante do 4o. DN, vice-almirante Valter Citavicius Filho.

Deixe o seu comentário