Até sociedades ocultas atuam
na mineração ilegal no Pará

Pelo visto, a Polícia Federal montou acampamento em terras paraenses. Desta vez investiga a exploração e a comercialização de minérios ilegais no Estado, já tendo indícios – acredite se quiser – da relação entre mineradores e agentes públicos. Até sociedades ocultas já teriam sido descobertas nessas investidas. Outro fato que tem chamado a atenção dos investigadores da Polícia Federal é a facilidade de transporte desses minérios entre municípios de regiões distintas do Estado. Assim: o Estado é policial, mas só vigia quem não deve. Há mais no ar do que aviões – ou teco-tecos – de carreira.

Habilitem-se

A diretoria da Festa de Nazaré e a Basílica Santuário abrem credenciamento para a imprensa fazer a cobertura das missas de encerramento domingo, 25, às 18h, e para a Missa do Recírio, com o retorno da Imagem Original ao Glória, na segunda, 26.  Como a Igreja estará aberta para receber o público nesses dois eventos e por conta das limitações de acesso e distanciamento social, o acesso da imprensa será restrito, com equipes limitadas. A prioridade é por ordem de chegada, até o limite de 20 pessoas em cada missa.

Justa homenagem

O advogado Alberto Valente do Couto, que fez história na advocacia criminal como um dos mais destacados criminalistas do Estado, será homenageado pelo Instituto dos Advogados do Pará com evento via internet, onde seu filho, Sérgio Frazão do Couto (foto), falará sobre a personalidade e a carreira jurídica do pai. Os advogados Thadeu Silva e Américo Leal, que conviveram com o velho Couto, estarão presentes, como participantes e com depoimentos. O evento está previsto para o dia 29 agora, às 19h, pela plataforma Zoom.

Divulgação

Prove que vive

O governo federal mantém suspensa a exigência de recadastramento anual de servidores aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que recebem pelo Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos a chamada prova de vida. A prorrogação vale até 30 de novembro. O objetivo da suspensão é reduzir a possibilidade de disseminação da Covid-19 entre beneficiários, a maioria idosos. A prova de vida anual é obrigatória no mês de aniversário e é condição necessária para evitar a suspensão do pagamento do benefício.

Energia mais cara

Em tempos de pandemia e famílias mais reclusas, as contas de energia elétrica aumentaram consideravelmente. Além da empresa concessionária, que  fica com 60% em média do valor total, impostos como ICMS, Cofins, PIS e a taxa de  iluminação pública levam os outros 40%. Em outros Estados, essas taxas são  bem menores. E aí vem a velha máxima: o Pará é um grande  produtor de energia, mas paga alto pelo consumo. E não adianta nem reclamar ao bispo. Afinal, as igrejas conseguiram se livrar das taxas,

Habeas copus

O Hospital Regional de Conceição do Araguaia empenhou, sem licitação, a compra, por mais de R$ 373 mil, de materiais de limpeza e higienização, tudo normal se o negócio não envolvesse empresa em cujos serviços constasse a responsabilidade pelo fornecimento desses insumos. A quantidade de material, todo descartável, é exorbitante: mais de 1 milhão de copos e 1,5 mil aventais, entre outros itens. Seria dinheiro da Covid-19, só que não: o hospital não trata desse tipo de paciente. Tudo pode com dinheiro que fortalece…

Tiro no pé

Há quem identifique mais do que abuso de poder político e abuso de poder econômico nas alopradas movimentações eleitoreiras do prefeito de Barcarena, Paulo Alcântara. Na última, durante comício, seu candidato a prefeito anunciou – para o desespero da assessoria jurídica – a antecipação do pagamento do 13º dos servidores para às vésperas da eleição e o pagamento dos salários de dezembro no dia “22” -, número do seu candidato. Em dois tempos, as provas do ilícito chegaram à Justiça Eleitoral.

Bancos são bancos

E a rede bancária nacional, para variar, torceu o nariz para o acordo firmado com o sindicato da categoria e demitiu mais de 12 mil pessoas só neste ano, em plana pandemia. O ritmo dos desligamentos foi assustador: e, junho, 1.363 demissões; julho, 1.634; e agosto 1.841, segundo levantamento do Caged. Os bancários e reagem à quebra do acordo com campanhas nas redes sociais, tuitaços, manifestações em frente às agências e também entrando com ações na Justiça para exigir reintegração aos postos de trabalho.

Danos materiais

Representantes das comunidades indígenas Xicrin e Kayapó, mineradoras, MPF, Funai e do Pará participaram, virtualmente, quarta-feira, da primeira audiência de conciliação no âmbito de uma das maiores ações em tramitação na Justiça Federal em Redenção. Ajuizada há oito anos, a ação discute os impactos ambientais decorrentes da atuação da Mineradora Onça-Puma, subsidiária da Vale, em áreas indígenas e pede o pagamento de indenização por danos materiais e morais às comunidades afetadas.

Está no mapa

Duas pesquisas consecutivas de órgãos oficiais de opinião pública apontam que a cadeira de prefeito em São Miguel do Guamá, nordeste do Estado, muda de dono, digamos assim, a partir do próximo ano. A mais recente, do Instituto Doxa, feita de 13 a 16 deste mês, aponta que se as eleições fossem hoje, Eduardo Pio X venceria o atual prefeito, António Leocádio, o “Antônio Doido”, que busca a recondução ao cargo, com 59,3% contra 40,7%.

  • Fim da picada: o ministro Nefi Cordeiro, do STJ, apareceu sem as calças em uma sessão transmitida pela Corte.
  • O magistrado votava de casa, em razão da pandemia de coronavírus. Em determinado momento, o magistrado se levanta e é possível ver que está usando toga e blusa social.
  • O empresário Clóvis Carneiro tem sido vítima sistemática de golpistas que clonaram seu telefone com Whatsapp e usam fotos dele e da família extorquindo dinheiro de incautos.
  • A 3ª Vara da Justiça Federal, especializada no julgamento de ações criminais, expediu portaria especificando as hipóteses em que servidores deverão recusar ou receber bens apreendidos em procedimentos investigatórios, como é o caso de computadores, telefones celulares, armas de fogo e moedas falsas, entre outros.
  • A Diretoria do Foro da Seção Judiciária do Pará prorrogou até o dia 17 de novembro o período de etapa preliminar do retorno gradual às atividades presenciais, tanto na sede da Justiça Federal, em Belém, como nas oito Subseções instaladas no interior.
  • Moradores da travessa Apinagés, entre Conselheiro Furtado e Fernando Guilhon, não entenderam a sinalização da rua esburacada sem o prévio asfaltamento.
  • O TJ homologou o resultado final do concurso para o provimento de 50 vagas e formação de cadastro de reserva ao cargo de Juiz de Direito Substituto do Judiciário.
  • O concurso conta com um total de 88 aprovados e classificados, abrangendo candidato na cota de Portadores de deficiência, 24 na cota para negros e dois candidatos subjudice.
  • A Norte Energia disponibilizou mais 19 profissionais de saúde para equipes do órgão responsável pela saúde indígena no Médio Xingu.
  • Desde agosto, o Distrito Sanitário Indígena de Altamira recebeu 142 colaboradores contratados pela empresa para o atendimento à saúde indígena na região. 
  • Termina no próximo dia 30 o prazo para a notificação contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos de todas as idades no arquipélago do Marajó.
  • Quando arcebispo de Buenos Aires, Francisco já defendia a união civil de casais homossexuais, mas essa é a primeira que sua Santidade se manifesta sobre o tema.
  • O técnico Matheus Costa garante que não foi demitido, mas pediu para sair para se livrar de tricas e futricas na direção técnica e por convite de outro clube.
  • Segundo o treinador, o executivo Felipe Albuquerque “queria escalar” seus preferidos: Wellington Reis, Anderson e Bessa. O CD e a Assembleia Geral seguem caladinhos da silva.

Deixe o seu comentário