Foto: Cláudio Pinheiro

Prefeitura “entrega”
2 estacionamentos a
“flanelinhas” de Belém

O prefeito Edmilson Rodrigues ainda não disse a que veio: abandonou o Conselho Municipal  da Infância e Adolescência à própria sorte e entregou – embora informalmente – a meia dúzia de flanelinhas remanescentes da “administração” do Sistema a Zona Azul – criado pela então primeira dama do governo Jader Barbalho, Elcione Barbalho -, os estacionamentos do Ver-o-Peso (foto) e do Espaço Palmeiras, ambos no centro de Belém. O grupo, considerado intolerante e violento, aos poucos ocupa estacionamento públicos no comércio, segundo denúncias levadas à Promotoria de Urbanismo do Ministério Público.

Casa de Noca

Na Belém do desgoverno, na qual se misturam Psol, PT, MDB e até parte do PSDB, o futuro é incerto e não sabido – e remete à máxima segundo a qual quem vive de passado é museu. Ed50 está a merecer uma estátua na Praça da Bíblia, sua ideia genial – e raivosa contra o governo Almir Gabriel -, ou na Praça Waldemar Henrique, que ele pisoteou do alto do seu canudo profissional. Só o Ministério Público mesmo para colocar ordem em casa de Noca.

Divulgação

Ferro e grão

O FMI projeta aumento de 16% para as commodities agrícolas e minerais (foto) neste ano. A notícia interessa ao Brasil e ao Pará, grande exportador de minérios e crescente nos embarques de grãos. Embora o FMI não compartilhe da visão de um boom das commodities, especialistas em comércio exterior lembram que os atuais preços ainda estão bem abaixo da alta de 2011, quando as commodities atingiram seu maior patamar.

.

Surda e muda

Seis ligações da coluna para a Defensoria Pública do Pará, em Belém, ontem, descortinaram uma situação inusitada: na Defensoria Pública, ninguém das pessoas contatadas – a muito custo – conhece a Comunicação Social da Defensoria Pública. Parece brincadeira, mas não é. Tudo indica que, para chegar ao setor, qualquer ligação teria que passar, necessariamente, pela recepção, cujo telefone – e isso é possível entender – vive ocupado. Defensoria Pública surda e muda está mais para… Para o quê mesmo?

Terceira via

O diretório nacional do DEM acaba de receber detalhada pesquisa qualitativa sobre as eleições do ano que vem. Resumindo a questão, o partido ficou sabendo que existe uma fatia expressiva do eleitorado que não quer Bolsonaro ou Lula. 

Cá entre nós

As vias são as do consórcio governista, que acrescentou ultimamente PSB, PDT e uma ala do DEM e outra do PSDB. Parece que o PSD caminha para ser bolsonarista e apoiar os candidatos identificados com o presidente. O senador Zequinha Marinho, do PSC, os deputados Eder Mauro e Joaquim Passarinho e o delegado Eguchi devem jogar juntos. 

Outras vias

Simão Jatene sinaliza que pode disputar o governo. O ex-presidente da Alepa Márcio Miranda também não descarta entrar no jogo – não pelo DEM, mas levando com ele parte do partido, seja para onde for. Ambos sabem que só um dos dois será o candidato. Com eles devem marchar o Cidadania, de Arnaldo Jordy, e o PV, de Zé Carlos Lima. 

Menos, menos

Boate gay instalada na outrora tranquila Rua dos 48, perto de um shopping, no centro de Belém vem dando o que falar nos finais de semana, quando promove festas regadas a muito álcool e em meio a uma infernal barulheira sonora, tirando o sono da vizinhança. A Polícia já foi chamada várias vezes para conter os ímpetos, mas, nada que uma conversa ao pé do ouvido não faça os agentes da lei darem meia volta…

Um doce 

Leitor da coluna promete dar um doce a quem encontrar um guarda de trânsito em Belém. Parece que eles viraram a “Conceição” da música do Cauby Peixoto: ninguém sabe, ninguém viu. Um dos exemplos está na área do prédio da prefeitura, no centro de Belém. Quem manda por lá são os guardadores de carros, com o sofisticado uso de pinos de plástico que proíbem o estacionamento em locais públicos e pagamento na hora.

Ir e vir

São cada vez maiores os atritos entre ciclistas e pessoas que usam a ciclovia da Duque para caminhar. Desde que o espaço foi asfaltado pelo ex-prefeito Zenaldo Coutinho tornou-se pista de corrida para muitos ciclistas. O problema acontece quando duas bicicletas e um ou mais pedestres se encontram no mesmo ponto da ciclovia. Detalhe é que os ciclistas foram lembrados na obra de revitalização, mas quem prefere caminhar, não.

Efeito pandemia

O agravamento da situação de crise enfrentada pelos sistemas de transporte público por ônibus no Brasil nos últimos 14 meses resultou no prejuízo de R﹩14,24 bilhões ao setor. Monitoramento da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos aponta os dados sobre o impacto da pandemia de março 2020 a de abril deste ano e destaca a interrupção dos serviços de 25 operadoras e demissões de 76.757 trabalhadores.

Interesseiras

O inglês “The Sun” divulgou pesquisa do cientista comportamental Stephen White, da Universidade de Queensland, onde afirma que as mulheres ficam interessadas pelo charme e pelo dinheiro do homem, enquanto os homens ficam interessados pela aparência da mulher. Detalhe: o jornal publica foto do empresário americano Bill Gates e o seguinte texto: “É uma ótima notícia para o bilionário Bill Gates, 65 – que recentemente se separou de sua esposa – já que as mulheres gostam de alta renda, inteligência e conexão emocional”. Bill Gates é dono da quarta do mundo, avaliada em US$ 124 bilhões. 

Dados do Monitor da Violência (Portal G1) apontam que o Pará foi um dos cinco Estados que registraram alta nos homicídios no primeiro trimestre deste ano.

O Brasil registrou queda de 11%, mas cinco Estados apresentaram alta: Pará, Roraima, Maranhão, Paraíba e Piauí. Esta informação a Segup não irá publicar.

Conversas que corre na Atlântica Salinópolis dá conta de que o governador Helder Barbalho estaria comprando uma casa do ex-governador Simão Jatene em Cuiarana.

Divulgação

Não é vero. Jatene não tem casa nesse endereço, muito menos uma “bela casa”, como andam dizendo. Bela casa em Cuiarana pertence ao ex-senador Mário Couto (foto) – agora se está sendo negociada são outros quinhentos.

Mais de 50 pessoas receberam ontem de manhã deselegante mensagem a partir do celular 981233214, deste que vos escreve. Perdão, o aparelho foi clonado. “As borrifadas na cara” – agora sim – vão para os que teimam em saber com quem a coluna conversa e o quê.

Enquanto dirigentes e ex-dirigentes do tradicional  Pedreira Esporte Clube,  do Distrito de Mosqueiro, não se entendem, a sede do clube desabou o estádio São  Sebastião  pede socorro.

Graduada em Engenharia de Exploração e Produção do Campus Salinas da UFPA, Nangle Karine, 23 anos, ganhou concurso nacional para ser estagiárias da Petrobrás. Nangle Karine é de Anajás, no Marajó.

Representante da Associação dos Profissionais dos Correios disse, em audiência na Câmara Federal, que apenas 324 das 11.542 agências dos Correios dão lucro em todo o País, o que representa apenas 2,8% do total.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, diz que o plano de inclusão de jovens no mercado de trabalho pode durar até um ano, com pagamentos de R$ 600 e que há recursos disponíveis para executar o programa neste ano.

A Procuradoria-Geral da República recorreu da decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF, de manter sob sua relatoria a investigação sobre o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, garante que o risco hidrológico não tem relação com a capitalização da Eletrobrás. “Muito pelo contrário”, afirmou.

O governo federal precisa de R$ 6 bilhões para programa de emprego para jovens e a equipe econômica avalia colocá-lo fora do Teto de Gastos. O plano é lançar a medida em junho e depois torná-la permanente no Orçamento e sob o teto.

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto, no sábado, para desbloquear cerca de R$ 4,5 bilhões aos ministérios. A peça de 2021 deve ser recomposta nesta terça pelo Congresso.

A equipe econômica continua trabalhando com alíquota final de 27,5% no Imposto de Renda Pessoa Física, mas deve reajustar todas as faixas de valores, a começar pela de isenção, informa o Valor.

Nesse projeto, também devem estar mudanças na legislação do IR para empresas, com redução de 15% para 10%, com um ano em 12,5%, na alíquota básica desse tributo sobre o lucro corporativo.

De outro lado, está prevista a tributação dos dividendos em 15% e a unificação da tributação dos fundos de investimento em 15%.

Na reforma do IR das empresas deve haver o fim dos juros sobre capital próprio e a redução do “come-cotas” dos fundos de investimento.

Deixe o seu comentário