Com denúncias de malfeitos pipocando para todo lado no Pará, o Procurador-Geral de Justiça (detalhe na imagem), não se faz de rogado e se junta à caravana festiva do governo Helder Barbalho/Fotos: Redes Sociais

Um ônibus lotado de autoridades, sob o comando do casal governador Daniela-Helder Barbalho, adentrou o bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua, ontem, um dos oito da Região Metropolitana de Belém atendidos pelo programa de segurança pública Terpaz, para a inauguração de mais uma obra do governo do Estado – a primeira unidade da Usina da Paz, que desde hoje passa a oferecer assistência às comunidades do entorno nas áreas de educação, social, esportiva e cultural. Uma festa para ninguém botar defeito, como se diz.

Procurador-Geral
de Justiça presente

Nas primeiras filas do ônibus, como não poderia deixar de ser, o governador Helder Barbalho e a mulher Daniela; logo atrás, o senador Jader Barbalho e, na cadeira ao lado, o Procurador-Geral de Justiça, Cézar Mattar Júnior, para não citar outros. Legal saber que entre os convidados, discretamente, bem ao seu estilo, estava o vice-prefeito de Belém, professor Edilson Moura, agora com agenda cheia, pelo que se percebe – embora a coluna tenha recebido informações de que Parsifal Pontes também circulado na área.

Belém receberá seis
Usinas até dezembro

Em novembro, o complexo chegará ao bairro Cabanagem, em Belém, onde estão previstas mais cinco unidades: Bengui, Terra Firme, Guamá, Jurunas e Cabanagem.

O espaço Usina da Paz do Icuí-Guajará oferece mais de 80 serviços diversos e conta com prédios, ginásios e piscina, onde estão sendo ofertados diversos serviços, como oficinas e curso profissionalizantes, espaço para batedores e produtos de açaí, atividades físicas e aulas de dança, teatro, música, entre outros, como explicou o governador Helder Barbalho.

Tesla coloca o
futuro no presente

Mundo afora, as montadoras estão focadas em dar autonomia aos veículos apresentando uma infinidade de conceitos dotados de diferentes e cada vez mais poderosas tecnologias de assistência ao motorista. A ideia de “libertar” o cidadão da tarefa – que para alguns é prazer – de dirigir virou coisa do passado.  Muita automação já ocorre em boa parte dos modelos de ponta, mas uma direção 100% autônoma, que não deveria ser alcançada tão cedo, segundo previam especialistas, já está nas ruas da Flórida, nos Estados Unidos, onde a Tesla colocou nas ruas 200 táxis. Veja o vídeo e tire suas conclusões.

Deixe o seu comentário