Coluna – Terça-feira, 27 de outubro

Justiça enquadra
Aliança Francesa

Decisão da 8ª Vara do Trabalho de Belém manda que a Aliança Francesa cumpra imediatamente obrigações requeridas pelo Ministério Público do Trabalho por prática de infrações na jornada de trabalho dos professores e redução salarial indevida. Além disso, a Associação é acusada de alterar de forma lesiva contratos de trabalho e de retaliar funcionário com demissão. As irregularidades foram comprovadas em diligência da Superintendência Regional do Trabalho, que lavrou autos de infração contra a instituição de ensino.

Golpe no contrabando

A Operação Ágata Norte, envolvendo as Forças Armadas, Polícia Federal, Ibama, Agência Nacional de Mineração e Receita Federal botou o dedo no suspiro do contrabando de manganês no Estado. Entre os dias 22 e 25 passados, a operação apreendeu mais de 143 mil toneladas de manganês destinado ao mercado chinês, através do Porto de Barcarena. Todo o minério era de origem ilegal e vendido com notas fiscais “esquentadas” por empresas que têm títulos autorizativos de lavra.

Retorno complicado

O presidente da OAB, Alberto Campos (foto), pediu ao TRT que revise a decisão de retomar as atividades em algumas varas do interior ainda neste ano. No pedido, a Ordem argumenta que a retomada prejudicará o exercício da advocacia e a prestação jurisdicional em pelo menos 13 municípios do Pará. A Ordem planeja comprar equipamentos de proteção individual para viabilizar o retorno ao trabalho de seus associados e reafirma o desejo de colaborar para facilitar a retomada imediata das atividades da Justiça.

Divulgação

Vale tudo

Os ânimos andam acirrados entre concorrentes à Prefeitura de Castanhal. Do pescoço para baixa tudo é canela. Em meio ao vale (quase) tudo pela conquista de voto dos eleitores indecisos ou desencantados com velhas promessas e novos compromissos assumidos durante o pleito aparecem pesquisas eleitorais para todos os gostos. A mais recente foi barrada por liminar da Justiça Eleitoral, que impediu a divulgação porque a empresa responsável é considerada com CNPJ inapto junto à Receita Federal.

Pega na mentira

O candidato que mais sentou na cadeira de prefeito e tenta voltar à ativa em Castanhal está recorrendo ao efeito “déjá vu”, alardeando supostas conquistas e benefícios aos servidores municipais nas vezes em que esteve à frente do Executivo. A categoria citada no programa eleitoral desmentiu publicamente e reiterou o distanciamento do candidato pelas fracassadas tentativas de diálogo durante o exercício do cargo. Bem feito. 

Três detidos, dois negros

Dados do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, apontam que a proporção de negros no sistema carcerário brasileiro cresceu 14%, enquanto a de brancos diminuiu 19% nos últimos 15 anos. Dos 657,8 mil presos em que há a informação da cor-raça disponível, 438,7 mil são negros (ou 66,7%). Ou seja, a cada três pessoas detidas, duas são negras. Os dados são referentes a 2019.

Perfil semelhante

Segundo o levantamento, historicamente, a população prisional do País segue um perfil muito semelhante ao das vítimas de homicídios. Oito a cada dez pessoas mortas pela polícia em 2019 eram negras. No comparativo com o número do ano anterior (6.175), houve aumento de 2,9% na quantidade de mortos por agentes do Estado. Em 2019, 74,4% das 39.561 vítimas de homicídio eram negros. O índice sobe para 79,1% quando o autor do assassinato foi um policial.

Comer, comer

Diferente do que se apregoa, o brasileiro não se alimenta mal, mas exagera no sal, principalmente o paraense. Pesquisas apontam que mais de 50% dos alimentos consumidos são naturais, contra 30% processados, como embutidos, alimentos prontos e industrializados. O fast-food também é um problema sério, mas a propaganda acaba convencendo o consumidor.  Os nutricionistas recomendam que se coma como nossos avós: banha de porco, ovos e galinha caipira, frutas e legumes em abundância.

Diários de ouro

A Universidade de Cambridge, na Inglaterra, está disponibilizando, gratuitamente, acesso aos cadernos de anotações pessoais do físico e matemático Isaac Newton, idealizador da Teoria da Gravidade. Uma das obras dele, “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural”, é considerada uma das mais influentes na história da ciência. São da lavra dele as três leis da física capazes de explicar a dinâmica que envolve o movimento – a terceira, mais famosa, dá conta de que toda ação corresponde a uma reação.

  • Chamava atenção, no final da tarde de sábado, em Salinas, um potente Camaro vermelho fazendo cavalo de pau na Praia do Atalaia. Exibicionismo é pouco.
  • Servidores públicos são maioria às va gas nas eleições deste ano, graças a vantagens como direito à licença remunerada, ajuda financeira dos partidos, espaço nos meios de comunicação e volta ao trabalho, em caso de derrota.
  • Produtores rurais, professores e empresários vêm em seguida, a maioria apenas com ensino médio ou fundamental e parcos conhecimentos de administração pública.
  • A cidade de Capanema tem se esforçado para diminuir e – com o tempo – extinguir o uso de animais no transporte de cargas.
  • A prefeitura contabiliza hoje 55 carroças operando na cidade. A intenção é monitorar a conduta dos donos dos cavalos e o tratamento oferecido aos animais. 
  • O paraense Samuel Marinho, servidor do TRE, está entre os finalistas da 62.ª edição do Prêmio Jabuti, o mais tradicional da literatura brasileira.
  • Ele concorre na categoria Poesia com a obra “Poemas de última geração”, inspirada em termos do cotidiano e se debruça sobre a tecnologia e as relações humanas.
  • A taxa de desemprego chegou a 14% em setembro – mais alto percentual desde o início da pandemia, de acordo com a edição mensal da Pnad Covid-19.
  • O número de desempregados no Brasil chegou a 13,5 milhões. Eram 10,1 milhões de pessoas desocupadas em maio.   O aumento desde maio é de 33,1%. No mês, o crescimento foi de 4,3%.
  • O Sesc celebrou aniversário de 28 anos de atuação em prol do fortalecimento de seus associados e do setor de serviços de limpeza, conservação ambiental, predial, trabalho temporário e serviços terceirizáveis. 
  • O setor de asseio e conservação gera cerca de 25 mil postos de trabalho no Pará, sendo 15 mil na região metropolitana, com expressiva participação de mão de obra feminina.
  • O governo do Estado incluiu aporte de R$ 9 milhões no Orçamento de 2021 para aplicação na rodovia Transcarajás, que vai ligar Canaã dos Carajás a trecho navegável do rio Araguaia, divisa com o Tocantins.
  • Os primeiros 18 quilômetros da rodovia foram asfaltados pela Prefeitura de Canaã, que luta pela conclusão da obra há pelo menos duas décadas.
Curta e Compartilhe!

Deixe o seu comentário